in

São Paulo surpreende e vende Cueva para time russo

A noite desta quinta-feira (12), terminou de uma maneira diferente e especial para o time do São Paulo, que acertou a venda do jogador Cueva para o Krasnodar, da Rússia.

Publicidade

Em uma reunião quase secreta, entre o presidente do clube e o empresário do jogador, Fernando Radaelli, o negócio foi fechado pelo incrível valor de 8 milhões de euros, o equivalente a R$ 36 milhões de reais. No entanto, o valor será parcelado e pode acabar gerando um lucro de mais 2 milhões de euros caso o jogador cumpra algumas regras previstas no contrato que foi firmado entre o time e o empresário.

Apesar de ter garantido o passe o jogador, o Krasnodar não era o único que estava interessado, o Orlando City dos Estados Unidos havia demonstrado interesse em tê-lo no time. O Krasnodar pode não ser um time de elite, mas está chegando lá.

Publicidade

O time russo irá disputar a próxima liga da Europa que costuma ter grandes clubes em seu torneio. O interesse pelo passe do craque, veio quando um olheiro do time acompanhou o desemprenho do jogador na Copa do Mundo, quando viu Cueva perder um pênalti sofrido durante o jogo contra a seleção da Dinamarca.

Publicidade

Não é só na seleção peruana que Cueva deixou a desejar, enquanto esteve no São Paulo, ele não teve um bom desempenho e desde que entrou, em 2016, está saindo com o seu pior saldo de gols. Dos 87 jogos em que participou com a camisa do time, ele fez apenas 20 gols.

Publicidade

O comportamento do craque também era outro que deixava a desejar. Nos últimos tempos, Cueva vinha se mostrando um jogador sem disciplina, chegando a faltar em uma reapresentação do time que foi coordenada pelo ex-craque do São Paulo, Raí. A viagem está marcada para este fim de semana e Cueva deve se despedir do atual time nesta sexta-feira (13).

Publicidade
Publicidade
Publicidade