in

Thaís Fersoza revela diferença de sua barriga na gravidez de menina e menino

Uma famosa crença popular no Brasil afirma que quando uma mulher está esperando uma menina, a barriga tende a ficar mais redonda, segundo o senso comum existe uma enorme diferença quando a mulher está esperando um menino na barriga, pois acreditam que a barriga ficará mais pontudinha.

Publicidade

Com relação ao assunto, Thaís Fersoza declara que sentiu a diferença quando estava grávida de bebês com gênero diferente, especialmente e principalmente na barriga. Lembrando que a atriz, estava esperando o nascimento da filha Melinda, no ano passado, e recentemente estava grávida de um menino, o pequeno Teodoro que já nasceu.

Em uma entrevista para o canal do Youtube de Gabriela Pugliesi, a famosa declarou que percebeu muitas diferenças em torno da barriga quando a gravidez é de menina ou menino. De acordo com Thaís: “Na gravidez da Melinda minha barriga ficou bem grande e barriga de menina é aquela coisa que vai para os lados. Já a de menino é diferente, barriga de menino é bem pontudinha”.

Publicidade

Segundo a ginecologista e também obstetra chamada de Karina Zulli, o fato é somente uma simples coincidência, levando em consideração que o formato da barriga não apresenta nenhuma relação com o gênero do bebê. Assim redigiu Karina: “Apesar de popularmente esta questão ganhar valor, estudos não comprovam esta teoria”.

Publicidade

Para especialistas na área de gravidez, não existe fundamento na biologia que explique sobre o assunto, tendo em conta que para a maioria deles o gênero não influência com a forma da barriga feminina no período de gestação. Todavia, muitas mães pensam de maneira diferente uma vez que acreditam no que crença popular afirma no que refere-se ao questionamento exposto.

Publicidade

Diante disso, observa-se que existe muitos questionamento e controvérsias com relação ao assunto levando em consideração que enquanto estudioso acreditam não existir lógica em acreditar que o gênero influência na barriga da grávida, muitas mulheres apresentam o pensamento oposto. Fato que gera ainda mais dúvidas para recém gestantes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade