in

Após carro cair no rio, policial salva esposa e filho de 2 anos, mas final é trágico

O sargento da Polícia Militar Paulo Sérgio Torquato, de 45 anos, morreu afogado após salvar a esposa e o filho de dois anos. O caso aconteceu no último domingo (8), na cidade de Ibitirama, no Espírito Santo. O corpo do policial foi encontrado na segunda-feira (9), no Rio Santa Clara.

Publicidade

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o policial estava em seu carro com a família quando perdeu o controle do veículo no momento em que passava por uma ponte. O carro caiu no rio e ficou submerso.

Torquato teria agido rapidamente e conseguiu retirar a mulher e o filho de dois anos de dentro do carro. A esposa estava no banco do passageiro e conseguiu sair do veículo pela janela, com a ajuda do marido.

Publicidade

Após ajudar a esposa, Torquato se dedicou no salvamento do filho pequeno. O menino estava no banco de trás, na cadeirinha. O policial, com muita perícia, retirou o filho do local e nadou até a margem.

Publicidade

O corpo de bombeiros não informou a distância das margens, mas quando chegou a ela, o policial entregou o filho na mão de pessoas que acompanhavam a situação e desmaiou.

Publicidade

Diante da situação de desmaio, o sargento da Polícia Militar afundou. O corpo foi encontrado apenas no dia seguinte, por mergulhadores do Corpo de Bombeiros, a 10 metros do local onde afundou.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, a esposa e o filho de Torquato foram encaminhados para o Pronto Atendimento de Ibitirama e liberados logo em seguida. O corpo do policial foi encaminhado ao Instituto Médico Legal da cidade de Cachoeiro do Itapemirim, no sul do Espírito Santo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade