in

Mulher grávida é brutalmente assassinada, criminosos fazem cesárea forçada e roubam bebê

As cidades do interior são desacostumadas com a violência, que é "comum" em grandes metrópoles brasileiras. Mas, nos últimos anos, até mesmo as cidades mais pacatas estão sofrendo com a violência e crimes bárbaros que têm acontecido em todo o país.

Publicidade

Na última semana, por exemplo, moradores de Paraibuna, no interior de São Paulo, ficaram assustados com um crime que aconteceu no local. Uma mulher grávida foi encontrada morta após parto forçado.

O corpo da mulher foi encontrado em uma estrada de terra, a dois quilômetros de uma represa, que está localizada na área rural de Paraibuna. O local é de difícil acesso e pouco movimentado. De acordo com a polícia, havia uma placenta ao lado da mulher.

Publicidade

O parto foi forçado e o crime pode ter sido cometido por uma ou mais pessoas – o mais provável é que tenha sido mais de um – e até agora ninguém foi preso. O corpo estava parcialmente carbonizado e havia um corte na barriga, que aparenta ter sido de uma suposta cesárea.

Publicidade

A mulher não foi identificada, porque estava sem documentos. Não havia sinais de roubo nem de abuso sexual. Ela estava vestida. Diante desse crime bárbaro, o que ainda não foi descoberto é qual o paradeiro do bebê.

Publicidade

A polícia segue investigando, mas não esclareceu quais linhas de investigação estão seguindo. Pode ser que o crime tenha sido cometido para usar a criança no tráfico internacional ou, até mesmo, do uso de crianças para rituais de magia negra.

As investigações prosseguem na cidade e os moradores do local estão bastante assustados, como mostrou reportagem exibida pelo Brasil Urgente, na TV Bandeirantes, na última semana.

Publicidade
Publicidade
Publicidade