in

Bebê com deformidade facial é rejeitada pela família, mas 17 anos depois fotos impressionam

A história de um bebê no ano de 2000 comoveu todo o mundo com sua triste notícia. Ela era uma criança que tinha uma doença rara. Um tumor na cabeça que se expandia até o seu pescoço que é uma anomalia denominada “Higroma quístico”. Os médicos deram essa triste notícia para os pais, de que a menina iria viver com isso para sempre, impedindo assim uma vida normal.

Publicidade

Quando a mãe da pequena Katie a viu e seu estado delicado de saúde, ela entrou literalmente em pânico e se recusou de pegar ela no colo. Quando o pai também descobriu o que  estava acontecendo, ele nem foi ver sua esposa e saiu rapidamente do hospital.

Alguns dias depois, a mãe se recuperou, ganhou alta hospitalar e foi embora sem falar nenhuma coisa nem levar a filha junto. Toda a equipe médica, assim como a enfermaria ficaram impressionados com essa situação, só quem nem tudo estava perdido.

Publicidade

Toda equipe do hospital começou a fazer uma campanha na internet para arrecadar dinheiro para a operação, que tinha um valor muito alto e a segurança social não poderia cobrir todos os encargos. No final conseguiram arrecadar 60 mil dólares, mas ainda não sabiam quem iria realizar a cirurgia.

Publicidade

Foi então que aparece o doutor Alfred E. Neuman que se oferece para realizar a operação sem cobrar nada por isso. Mas a história não termina por aí, ele ficou tão sensibilizado com tudo isso que resolveu adotá-la.

Publicidade

Essa comovente e triste história teve um final feliz e hoje a menina é uma jovem e linda mulher que inclusive tem um blog com dicas de beleza sendo cada dia mais popular entre os jovens. Confira abaixo como ela está hoje em dia.
 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade