in

Após escândalo, patrocinadores abandonam Bruno Gagliasso

Bruno Gagliasso está envolvido em um escândalo de homofobia,declarações dadas pelo ator em 2009 foram vazadas e agora ele sofre as consequências de seus atos.

Publicidade

Tudo começou quando Bruno usou sua conta pessoa no Twitter para comentar a atitude do youtuber Júlio Cocielo que havia feito um post racista contra o jogador Mbappé. As declarações dadas pelo ator fizeram com que ele fosse desmascarados momentos depois pelo MBL (Movimento Brasil Livre), que trouxe a público tweets do ator postados em 2009.

Seus posts acabaram causando uma verdadeira retalhação na internet por parte dos fãs do ator que estão pressionando as marcas pela qual Bruno é garoto-propaganda para abandoná-lo. Diante de toda essa polêmica e pressão os patrocinadores que são muitos, não estão vendo outro modo de se sobressair de toda essa confusão sem minar o problema.

Publicidade

O primeiro dele a abandonar o barco foi a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, que tratou de se pronunciar logo através da revista 'Quem', dizendo que o ator não será mais garoto-propaganda da campanha que está sendo feita contra a LGBTfobia.

Publicidade

Publicidade

A campanha lançada em 2015 ainda circula na internet com a imagem do ator, lutando contra o preconceito aos homossexuais. Outro que também pulou fora do barco e anunciou sua atitude pelo Twitter foi o banco 'Itaú' que ao ser questionado por um internauta qual seria a posição tomada em relação as declarações do ator, tratou logo de informar que ele já faz mais parte do casting de publicidade da empresa.

 

 

Publicidade
Publicidade