in

Congelado vivo? Mãe coloca bebê em freezer logo depois de dar à luz

Um crime bárbaro e assustador chocou a cidade de Indaiatuba, localizada no interior de São Paulo e que fica a aproximadamente 106 km da capital paulista. Um bebê recém-nascido foi encontrado por uma adolescente de 14 anos congelado dentro do freezer. Uma cena macabra, digna dos piores filmes de terror que deixou a adolescente que cuidava de suas irmãs desesperada; saiba mais.

Publicidade

Mãe dá a luz em casa e congela o bebê

De acordo com o portal de notícias online do telejornal Cidade Alerta, exibido pela TV Record, o crime foi cometido por uma mulher de 30 anos, identificada apenas como Jaiane. Ela foi presa em casa pela Polícia Civil na tarde da última segunda-feira (2). A mulher que já é mãe de quatro filhos escondeu a última gestação de todos os seus conhecidos e familiares, ela teve o bebê em casa e em seguida colocou o menino no freezer e por lá o deixou.

O recém-nascido foi encontrado pela filha mais velha de Jaiane que foi até a casa da mãe para cuidar das irmãs mais novas para que a mãe pudesse sair de casa para comemorar o seu aniversário na companhia do namorado e dos amigos. A jovem abriu a geladeira e se deparou com um pacote de lixo no freezer quando ela abriu o embrulho de deparou com o cadáver do irmão.

Publicidade

Ela entrou em pânico e correu até a caso do avô que foi imediatamente para imóvel onde o corpo foi encontrado, ele saiu de lá com as netas e acionou a polícia. Quando os agentes de segurança chegaram ao local encontraram Jaiane em casa, ao ser questionada sobre o pacote que estava no congelador, ela disse que se tratava de um pedaço de carne. 

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Mas ao ver que não havia mais saída confessou que logo depois do parto ela colocou a criança no congelador, segundo Jaiane ela não queria mais ter filhos e que o bebê nasceu morto e por não saber o que fazer com o corpo resolveu congelar. A polícia não acredita nesta versão, ao que tudo indica o bebê foi congelado vivo, durante todo o tempo a mulher se mostrou fria e não revelou nenhum traço de arrependimento.

Publicidade

Jaiane foi indiciada por ocultação de cadáver.  A perícia foi acionada e o corpo da criança levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campinas. Somente após a análise do IML é que será possível afirmar as causas da morte da criança. O caso segue em investigação.

Publicidade