in

Grêmio e Santos jogaram pelo brasileirão de aspirantes

Santos contou com uma falha do goleiro Bruno Grassi e saiu na frente, mas o Grêmio buscou o empate no duelo da noite desta quarta-feira, pelo Brasileirão de Aspirantes, no estádio Ulrico Mursa, da Portuguesa Santista, em Santos. Os meias Douglas e Alisson, do time profissional gremista, atuaram 45 minutos para ganhar ritmo de jogo. Os gols foram marcados por Willian para o Peixe e Pepê para o Tricolor.

Publicidade

Com o resultado, o Grêmio chegou a 7 pontos e se manteve na liderança do Grupo A por ora. Já o Santos acumulou 5 pontos e é o vice-líder do Grupo B, atrás do Inter, com seis. A rodada, porém, segue até o dia 9, o que permite mudança de posições. O próximo compromisso gremista é o Gre-Nal, dia 11, no Estádio do Vale, enquanto os santistas enfrentam o Goiás, dia 19, em local a definir.

Escalações iniciais

• Grêmio: Bruno Grassi; Leonardo Gomes, Denilson, Derlan e Baiano; Kaio, Matheus Henrique, Alisson, Douglas e Pepê; Luís Henrique.
Santos: John; Charles, Gabriel, Sabino e Willian; Juliano, Erick e Steylor; Chub, Marcus Vinícius e Wesle.

Publicidade

• O primeiro tempo foi marcado por boas chances do Grêmio, embora o placar tenha se mantido em branco. Denilson, Pepê, Luís Henrique e Alisson desperdiçaram oportunidades dentro da área do Santos. Por outro lado, Bruno Grassi só fez intervenções e pouco trabalhou na partida.

Publicidade

Douglas mostrou novamente estar recuperado. A perna esquerda calibrada gerou lançamentos longos e passes para clarear o jogo, característica marcante do camisa 10. Mas o meia e Alisson foram retirados no intervalo e atuaram apenas 45 minutos, provavelmente em uma situação já prevista com a comissão técnica do time profissional, pelo amistoso marcado para domingo, contra o Corinthians.

Publicidade

A etapa final começou com o Santos mais solto em campo. O gol saiu, porém, em um lance fortuito, com falha de Bruno Grassi, um dos jogadores experientes a descer do elenco profissional para a partida. O lateral-esquerdo Willian chutou forte, cruza, quase sem ângulo. O experiente goleiro tentou defender, mas acabou colocando a bola para dentro da própria meta.

O Tricolor continuou melhor e empilhou chances, geralmente pelos pés de Jean Pyerre. Com um toque de calcanhar, o meia deixou Pepê sem goleiro, mas a finalização saiu muito alta, sobre o gol. Mas na terceira chance, ele não perdoou. Dominou cruzamento de Leo Gomes, limpou a marcação e empatou a partida aos 30 minutos da etapa final. Erick, depois, obrigou Grassi a trabalhar com chute de fora da área, mas a partida terminou empatada. 

Fonte: gremistas.net.br

Publicidade