in

Copa 2018: jornalista da Globo é agredido por torcedores brasileiros em Samara na Rússia; veja

Mais um caso de agressão envolvendo torcedores brasileiros ganhou as manchetes dos jornais do país. Desta vez, um profissional da Rede Globo de Televisão que fazia a cobertura do jogo do Brasil contra o México, que aconteceu nesta segunda-feira (2), na cidade de Samara um das sedes da Copa do Mundo de Futebol Fifa, foi agredido. 

Publicidade

A seleção brasileira conseguiu se classificar para as quartas de finais da competição, depois de vencer o México por 2 a 0. Com um gol de Neymar Jr. e um de Roberto Firmino, a seleção canarinho assegurou sua vaga para a próxima fase e jogará na próxima sexta-feira (6) contra a Bélgica que venceu o Japão em uma virada espetacular.

Jornalista da Globo é agredido por torcedores brasileiros

O jornalista André Gallindo, repórter da TV Globo, foi agredido por dois torcedores brasileiros enquanto gravava uma reportagem no estádio em Samara. A agressão foi presenciada por outras pessoas que afirmaram que os agressores estavam visivelmente alterados.

Publicidade

André chegou a relatar a agressão a policiais que estavam no local, contudo, eles não tomaram nenhuma providencia e os agressores deixaram a área externa do estádio tranquilamente. Gallindo estava trabalhando, quando um homem vestindo a camisa do Flamengo, começou a atrapalhar a gravação que ele fazia na área externa do estádio.

Publicidade

Ao questionar a atitude, o repórter levou um banho de cerveja. Outro torcedor, que usava uniforme da seleção brasileira, foi mais agressivo e, além de jogar bebida, empurrou o jornalista. André entrou em contato com o centro de jornalismo em Samara e avisou que não estava ferido, contudo, ele confessou que ficou bastante assustado. 

Publicidade

Infelizmente torcedores brasileiros e mexicanos se envolveram em uma confusão nas arquibancadas do estádio de Samara durante o jogo. Esta é a segunda vez que um jogo do Brasil tem confusão dentro do estádio. No último duelo pelo grupo E, torcedores brasileiros brigaram com sérvios no Estádio do Spartak, em Moscou. A CBF e a federação sérvia, inclusive, foram advertidas pela Fifa por causa deste primeiro episódio.

Publicidade