in

Após vitória contra Espanha, jogador da Rússia agrada ao Grêmio

A comemoração da Rússia teve um toque especial neste domingo (01), em meio há tantos desabafos, lágrimas e sorrisos, Mário Fernandes, estrela do time russo que eliminou a Espanha nos pênaltis, fez algumas revelações e elogiou o Grêmio.

Publicidade

Mário falou que os jogadores da Rússia estavam desacreditados e que não viam uma possível vitória em cima da Espanha; o que acabou acontecendo nos últimos segundos, quando venceram nos pênaltis. O jogador também se mostrou grato ao clube tricolor, que, segundo ele, foi responsável por acreditar em seu talento e tranformá-lo em lateral-direito.

O brasileiro, que foi naturalizado russo, agradeceu ao técnico Paulo Autuori, resposável por lhe dar a oportunidade de jogar como titular, mas fez questão de admitir sua admiração e carinho por Celso Roth, o responsável por transformá-lo em lateral-direito – quando ainda jogava pelo clube brasileiro.

Publicidade

Sobre a vitória de 4 a 3 nos pênaltis contra a Espanha, Mário ressaltou que, para eles, é um motivo de alegria chegar às quartas de final, pois ninguém jamais acreditou que fossem capazes de estar nessa fase da competição; então, para ele, a classificação já é uma grande vitória.

Publicidade

O craque também aproveitou para fazer uma confidência dos bastidores da seleção russa, revelando que não haviam treinado pênaltis durante os treinos, mas que combinaram de que os jogadores mais descansados ficariam responsáveis por bater.

Publicidade

Para finalizar, o craque disse que, depois da Rússia, torce pelo pelo Brasil, pois é o país onde ele nasceu e quer vê-lo vencendo sempre.

Publicidade
Publicidade