in

Caso Vitória: criminoso revela detalhes dos últimos momentos da jovem; ‘em choque e desesperada’

O Fantástico desse domingo (01), trouxe um novo capítulo do crime que deixou o Brasil inteiro chocado. O programa revelou um áudio de uma conversa entre um dos suspeitos de envolvimento com o assassinato da menina Vitória. Júlio César, de 24 anos, contou com detalhes como foram os últimos momentos de vida da estudante, após ela ser sequestrada.

Publicidade

Segundo o suspeito, a jovem estava desesperada e em choque e não conseguia entender o que estava acontecendo. Ele não confessou ter ajudado a matar a menina, porém, o envolvimento dele no crime pode ser bem maior. Foram encontradas evidências que apontam que o pedreiro possa ter participado efetivamente da morte da jovem.

De acordo com o laudo de DNA divulgado na semana passada, Júlio César esteve mesmo com a adolescente no dia de sua morte. Foram colhidos material genético que estavam debaixo das unhas da menina e o resultado foi positivo com o suspeito.

Publicidade

Com o resultado desse exame, os investigadores podem dizer com certeza, que o servente de pedreiro esteve com a adolescente naquele dia e pode ter tido uma participação mais efetiva no assassinato da menina Vitória Gabrielly.

Publicidade

Desde que foi preso, o suspeito deu até seis versões diferentes sobre o caso. O servente de pedreiro ainda não tem nenhum advogado e nem defensor público trabalhando na sua defesa. A polícia trabalha com a linha de investigação de que a estudante tenha sido assassinada por engano.

Publicidade

De acordo com essa hipótese, uma outra garota com o mesmo nome e muito semelhante fisicamente seria parente de uma pessoa que possuía dívidas com entorpecentes. O assassinato seria por vingança devido à dívida do usuário.

Publicidade
Publicidade
Publicidade