in

Adeus, Paulinho! Jogador se despede de vez do Vasco

O mercado da bola anda a todo vapor durante a pausa para a Copa do Mundo que acontece na Rússia neste mês de junho e julho. Várias equipes brasileiras estão aproveitando este período para focar na formação de seus elencos que perdem e ganham novos atletas a cada dia. 

Publicidade

Boa parte dos jogadores negociados nesta janela de transferências estão indo para a Europa, sendo que as propostas chegam a valores exorbitantes, o que fornece aos clubes brasileiros uma boa oportunidade de realizar bons negócios e encher os cofres do clube. Um dos clubes que realizou um bom negócio, por exemplo, foi o Vasco, que negociou Paulinho com um clube alemão.

A história de Paulinho no Vasco se encerrou – pelos menos momentaneamente. Na reapresentação do elenco, o atacante foi liberado e não treina mais no clube. Vendido ao Bayer Leverkusen, ele só poderá assinar com o time alemão a partir do dia 15 de julho, quando completa 18 anos. Em tese, continua jogador cruz-maltino até lá, mas já não segue mais a programação.

Publicidade

Paulinho tem viagem marcada para a Alemanha no dia 17 de julho. Até lá, treina sob orientação do Bayer Leverkusen, sem usar as dependências do Vasco. Ele está em reta final de recuperação da fratura no cotovelo esquerdo, sofrida em fevereiro, contra o Cruzeiro, pela Libertadores.

Publicidade

Antes da parada para a Copa do Mundo, Paulinho ainda usava as dependências do Vasco para dar sequência à recuperação da fratura. O atacante ainda não pode ter contato forte no braço esquerdo – um dos motivos para não ter sido convocado para a seleção brasileira sub-20 para um período de treinos em Belo Horizonte.

Publicidade

Destaque do Vasco no primeiro semestre, Paulinho foi vendido ao Bayer Leverkusen por 18,5 milhões de euros. O Cruz-Maltino manteve 10% dos direitos em uma futura venda do jogador.

Publicidade
Publicidade
Publicidade