in

Polícia revela detalhes do crime da menina de 12 anos que matou a mãe: ‘Usou o martelo’

Uma adolescente de 12 anos é suspeita de matar a mãe com a ajuda do namorado, de 16 anos. O caso ocorreu no Rio Grande do Sul e segundo o delegado que cuida das investigações a irmã da suposta criminosa estava na casa quando tudo ocorreu.

Publicidade

De acordo com a polícia, a morte da mulher ocorreu com um martelo e o corpo foi enterrado no quintal da casa onde elas moravam. Tudo ocorreu na quinta-feira (28), em Pinheiro Machado, no Rio Grande do Sul. A vítima tinha 37 anos de idade e era empregada doméstica. 

O casal de namorados confessou o crime, dizendo que a família dela não aceitava o relacionamento dos dois, pois isso eles acabaram cometendo o crime. A criança de 6 anos, irmã da agressora, estava no local no momento do assassinato e será ouvida pela polícia.

Publicidade

O pai das meninas não estava na casa no momento do crime. O jovem de 16 anos foi acusado pela família dela por abuso, pois estava namorando a menina de 12 anos sem o consentimento dos pais. Ele foi incriminado, pois teve relações íntimas com a namorada que é menor de 14 anos. Mesmo que haja consentimento, o ato é considerado abuso.

Publicidade

O martelo, a arma do crime, foi enterrada junto com a vítima, no pátio da casa onde morava. O delegado acredita que o assassinato foi premeditado. Os dois vão responder por homicídio e ocultação de cadáver.

Publicidade

A agressora de apenas 12 anos não apresentou pesar pela morte da mãe, nem emoção e seu comportamento foi classificado como anestesia moral. O Conselho Tutelar foi acionado e os dois serão encaminhados para Ministério Público fazer a intervenção necessária.

Publicidade
Publicidade
Publicidade