in

Thuller revela admiração por zagueiro e mira a Copa do Mundo

Aos 19 anos, ele mostrou ser um talento nato, Thuller está como titular do Flamengo desde a saída de Vinicius Júnior e, de lá para cá, o menino que jogava no Clube NIght – primeiro time que atuou no bairro do Grajaú, no Rio de Janeiro – se tornou uma peça importante para o time.

Publicidade

O sonho de chegar ao Flamengo se tornou realidade e, hoje, Thuller teve suas habilidades e seu talento reconhecidos, graças ao seu comprometimento dentro dos treinos no dia a dia do clube carioca e a importância que ele mostrou ter para o time quando segurou a peteca ao lado de Léo Duarte.

Para quem não se lembra, Thuller teve uma importante atuação na época em que Juan, Réver e Rhodolfo tiveram sérias lesões, que os deixaram afastados dos gramados, fazendo com que o craque tivesse suas habilidades colocadas em prática. 

Publicidade

O craque, agora, sorri feliz da vida, pois acertou um novo vínculo com o clube, que irá até 2022; além de ter ganho um aumento de salário compátivel com seu desempenho. Recentemente, Thuller declarou durante uma entrevista toda a admiração que sente por Léo Duarte, mas deixou claro que um time tem que se completar sempre, independente de quem estiver ou não atuando em campo.

Publicidade

Ao ser questionado pelos sonhos que deseja realizar, o craque afirma que jogar pelo Flamengo era o maior deles, mas que agora mira lá na frente e busca uma oportunidade de atuação na Copa do Mundo. Para completar, ele falou sobre a seleção sub-20, que foi onde recebeu a oportunidade de entrar para o Flamengo, após um jogo decisivo contra o Palmeiras.

Publicidade

Para ele, fazer gols é uma experiência incrível para qualquer jogador. Ele tem como referência na carreira o jogador espanhol Sérgio Ramos, um de seus maiores ídolos no futebol.

Publicidade
Publicidade