in

Jogador é liberado do São Paulo para analisar propostas e não está mais nos planos de Aguirre

O jogador não esteve presente no treino com a equipe do São Paulo na última terça-feira e também não reapresentou nesta quarta-feira. O lateral-esquerdo recebeu a liberação diretoria tricolor para avaliar algumas propostas que surgiram. É bem provável que ele seja negociado em breve já que não está mais nos planos de Diego Aguirre.

Publicidade

Ainda não foram divulgados os nomes dos clubes interessados no atleta e nem se são contratos por empréstimo ou em definitivo, mas o comandante do time não pretende contar com o atleta no segundo semestre e por isso também o deixou à vontade buscar outras oportunidades fora.

Promovido na temporada passada pelo então técnico Rogério Ceni, Júnior Tavares teve um começo relevante no clube paulista profissional, mas depois acabou perdendo o espaço. Nesta temporada, com Dorival Júnior e com Aguirre também não convenceu e contiunou sem brilho no elenco.

Publicidade

Profissionalizado no Grêmio, Tavares deixou o clube gaúcho para tentar uma nova vida no São Paulo. Para isso, aceitou jogar em Cotia, no sub-20. Subiu ao time de cima do Tricolor no ano passado, por indicação de Rogério Ceni e foi muito elogiado em seu início. 

Publicidade

Recentemente, ele foi passar por um período de testes no Rennes, da França, mas o clube não quis contratar o jogador. E, em novembro de 2017, Júnior Tavares teve negociação com o Corinthians, mas algumas declarações de sua mãe, contra o o acerto, melaram as conversas. Com informações do Globo Esporte.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade