in

Com altos valores, futebol árabe desmancha times brasileiros; São Paulo perdeu 3 jogadores

Que o Brasil é um dos maiores exportadores de craques do mundo você já sabe, e também não é novidade que na maioria das vezes o destino mais sonhado para uma carreira internacional é na Europa. O berço do futebol não só tem a tradição do esporte, mas também paga altos salários aos seus atletas, mas o futebol europeu não é mais o responsável pelos desmanches nos clubes do Brasil.

Publicidade

O futebol árabe tem conseguido pegar atletas e técnicos de alto nível com propostas milionárias. Região rica em petróleo e recheada de milionários que conheceram o futebol há pouco tempo e já estão se apaixonando por ele entrou na rota de pouso dos jogadores mais rodados e até promissores. Estes ricaços gastam verdadeiras fortunas financiando os clubes do seu país e trazem cada vez mais verdadeiros astros do futebol para brilharem no oriente médio.

O maior prejudicado até aqui é o São Paulo, que já perdeu três atletas: Petros, Marcos Guilherme e Valdivia. A lista de oito baixas ainda conta com os volantes Jonas (Flamengo) e Anselmo (Sport), os meias Otero (Atlético-MG) e Rodolfo (São Bento) e o lateral-direito Apodi (Ohod). A relação dos times para onde eles foram está no fim da matéria.

Publicidade

Vale destacar que o palmeirense Keno e Ribamar, do Atlético-PR, também foram vendidos com dinheiro saudita, mas foram parar no Egito.

Publicidade

O técnico Fábio Carille, campeão brasileiro pelo Corinthians, também trocou o Brasileirão pelo mundo saudita. E ele pode ganhar nos próximos dias as companhias de Alberto Valentim, que até já se desligou do Botafogo, mas não anunciou seu novo empregador, e Zé Ricardo, sem clube desde que pediu demissão do Vasco, em 2 de junho.

Publicidade

ATLETAS QUE JÁ SAÍRAM: Petros: Al-Nassr (São Paulo); Marcos Guilherme: Al-Wehda (São Paulo); Valdivia: Al-Ittihad (São Paulo); Jonas: Al-Ittihad (Flamengo); Otero: Al-Wehda (Atlético-MG);  Anselmo: Al-Wehda (Sport); Apodi: Ohod (Chapecoense); Rodolfo: Al-Hazm (São Bento).

EM NEGOCIAÇÃO: Adilson (Atlético-MG); André Al-Wehda (Grêmio); Andrigo (Sport); Dedé (Cruzeiro); Digão (Cruzeiro); Igor Rabello (Botafogo); Jandrei (Chapeocense); Maicosuel (São Paulo); Regis (Bahia); Renê (Flamengo); Rodinei (Flamengo); Rodriguinho (Corinthians); Roger Guedes (Atlético-MG); Yago (Atlético-MG).

Publicidade