in

São Paulo perde mais um jogador e enxuga elenco para o restante da temporada

O São Paulo vive um clima bom durante a parada para a Copa do Mundo. O time se mostra cada vez mais entrosado e está com alta expectativa para disputar títulos ao longo da temporada. A ideia do tricolor é trazer alguns reforços antes da reestreia no Campeonato Brasileiro e isso implica na dispensa de alguns atletas que estão sendo pouco utilizados pelo técnico Diego Aguirre.

Publicidade

As baixas no São Paulo são muitas, saíram Valdívia, Marcos Gabriel e podem sair também Cueva, Petros, Rodrigo Caio e Éder Militão – todos tem propostas de clubes estrangeiros. A diretoria vive a expectativa para saber quem conseguirá segurar no elenco, mas tudo até agora é especulação.

Outro jogador que vai sair do São Paulo e por decisão conjunta da diretoria do tricolor é Júnior Tavares. O lateral não faz parte dos planos do treinador e acabou nem se reapresentando para os treinamentos na última terça. O jogador tem propostas de clubes brasileiros e também estrangeiros.

Publicidade

Em 2018, Júnior Tavares foi usado em apenas 5 jogos e não teve destaque nas atuações, por isso não houve grandes problemas em liberar o atleta. Ele já negocia sua saída, mas não sabe qual time vai defender no segundo semestre.

Publicidade

Vale lembrar que em abril deste ano, o lateral-esquerdo foi para o Rennes, da França, mas acabou não sendo vendido ao time. Segundo o clube francês, o São Paulo pediu um valor muito acima do esperado e eles decidiram não fazer o investimento, mesmo gostando do desempenho do jogador no período que treinou no Velho Continente.

Publicidade

Profissionalizado no Grêmio, Tavares deixou o clube gaúcho para tentar uma nova vida no São Paulo. Para isso, aceitou jogar em Cotia, no sub-20. Subiu ao time de cima do Tricolor no ano passado, por indicação de Rogério Ceni e foi muito elogiado em seu início, mas não vingou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade