in

De olho em títulos, Vasco fica próximo de acertar renovação importante

Após a saída precoce da Copa Libertadores e deixar o título do Campeonato Carioca escapar, o Vasco tem como principal objetivo na temporada lutar pelo título do Brasileirão. Com a saída do técnico Zé Ricardo, o sonho ficou ainda mais complicado, mas a diretoria acredita no elenco.

Publicidade

Para brigar por títulos é preciso um time competitivo e o clube carioca está atento as novidades do mercado e tentando suprir as necessidades do cruz-maltino para seguir forte na temporada. Hoje o Vasco ocupa a 11ª posição na tabela de classificação do Brasileirão com 15 pontos – 12 pontos atrás do líder e rival, Flamengo.

Uma das táticas do Vasco, que não tem tanto dinheiro para investir em contratações de peso, é segurar alguns nomes importantes do elenco e renovar contrato. Um dos jogadores que está esperando o contato da diretoria é Wagner. O meia já conversou com o presidente Alexandre Campello e acredita que a renovação está encaminhada e será assinada antes do fim da Copa do Mundo.

Publicidade

O jogador já declarou que quer permanecer no clube e ajudar o time a conquistar as metas no restante de 2018, ou seja, se depender do jogador ele fica em São Januário por mais tempo. "O André (Souza, supervisor), o PC (Gusmão, coordenador técnico) e o presidente já acenaram que querem que eu continue. Já estão quase fechando o tempo de contrato, agora só falta acertar os números. Creio que até antes dessa Copa a gente consegue resolver", disse o jogador.

Publicidade

De acordo com a diretoria, a renovação ainda não aconteceu porque a prioridade é manter André Rios e trazer reforços, mas está em compasso de espera e deve se resolver em breve. O meia queria um contrato de mais quatro anos, mas está disposto a escutar a proposta do clube porque está adaptado ao Vasco – são 29 jogos e 4 gols marcados.

Publicidade

"O que queria era quatro anos de contrato. Creio que entre três e dois anos deve ser o ideal para as duas partes. Estou em casa. Mais um ou dois anos eu viro carioca. Quem sabe esse contrato venha com três anos e eu já não vire carioca?", completou Wagner.

    Publicidade