in

Caso Vitória: mãe revela o motivo de não ter ido ao enterro; ‘tive esperança até o último minuto’

A mãe da adolescente Vitória Gabrielly contou com detalhes do que sentia durante o desaparecimento da filha. Rosana, mãe da vítima, disse que quando encontraram o corpo, não tinham certeza que ainda era da menina. No entanto, aos poucos, foram surgindo as evidências como a roupa e os patins. Ela afirmou que teve esperança até o último momento.

Publicidade

Rosana disse que as pessoas iam até a casa dela prestar pêsames, mas ela não conseguia acreditar que o corpo fosse da filha. Como Rosana é evangélica, acredita que a menina está nos braços de Jesus e disse que não foi ao enterro porque não queria ver o caixão lacrado.

Relembre o caso

Desde que o corpo da jovem Vitória Gabrielly foi encontrado, a polícia trabalha de maneira incessante para tentar descobrir o culpado pelo assassinato da estudante. A garota havia desaparecido no último dia 08 de junho, quando saiu de casa para brincar com seus patins na rua.

Publicidade

O caso aconteceu no município de Araçariguama, interior do estado de São Paulo. O desaparecimento da jovem de apenas 12 anos ganhou notoriedade na mídia e com isso mobilizou a cidade e região em busca do paradeiro da adolescente.

Publicidade

No entanto, a história teve um desfecho trágico. O corpo de Vitória foi encontrado no dia 16 de junho, às margens de uma estrada da Zona Rural da cidade. O caso ganhou grande repercussão na mídia e desde então o Brasil quis saber quem é o assassino da jovem Vitória Gabrielly Souza Vaz.

Publicidade

A perícia realizada no corpo da vítima indica que a garota tenha sido morta por vingança. A polícia chegou a essa conclusão por causa das evidências. A menina tinha os pés e mãos amarrados e, segundo o laudo pericial, a morte se deu por asfixia mecânica, ou seja, ela foi estrangulada. Ainda conforme a investigação, a estudante teria sido morta no mesmo dia do seu desaparecimento.

Rosana Maciel, mãe da vítima, abriu o coração em uma entrevista concedida a uma emissora da região no último dia 25 de junho. Rosana disse que acredita que sua filha tenha sido levada por engano pelos bandidos. Supostamente, seria por causa de vingança por um motivo que ainda não foi identificado pelos investigadores.

A mãe de Vitória falou que parece estar em um pesadelo. “Parece que a qualquer hora minha filha vai chegar. Não saber quem foi e as retaliações que a gente sofre, as acusações para a família inteira. Tudo isso é um pesadelo", desabafou Rosana. Ainda de acordo com ela, a filha estaria no lugar errado e na hora errada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade