in

Caso Vitória – detalhes macabros sobre o crime são revelados pela perícia: ‘tentou se defender’

O caso da adolescente Vitória Gabrielly ainda causa grande comoção na população. A jovem foi assassinada e o corpo foi encontrado às margens de uma estrada localizada na Zona Rural da cidade de Araçariguama, interior do estado de São Paulo.

Publicidade

A menina havia desaparecido no dia 08 de junho e desde então os pais começaram uma luta em busca do paradeiro da filha. Desde então, o caso Vitória ganhou grande repercussão na mídia e mobilizou o Brasil inteiro que torcia para que a jovem fosse encontrada. No entanto, infelizmente não foi o que aconteceu.

Na noite desta terça-feira (26), um laudo divulgado pelo IML – Instituto Médico Legal, confirmou que a jovem de apenas 12 anos teria tentado se defender antes de ser morta. De acordo com o laudo pericial, a causa da morte de Vitória Gabrielly foi asfixia mecânica. Foi constatado que ela foi estrangulada até morrer. Também ficou comprovado que havia "lesões de defesa e marcas de contenção, que sugerem que a vítima foi contida por instrumento contundente".

Publicidade

Ainda conforme a perícia, a estudante apresentou lesões internas na região do pescoço. Isso comprova a asfixia mecânica por esganadura. O corpo da garota já estava em decomposição, por esse motivo não foi possível comprovar se a menina sofreu abuso sexual.

Publicidade

O laudo também atestou que a jovem não teria feito consumo de nenhum medicamento ou drogas e deixou evidente que ela foi assassinada de maneira covarde e cruel.

Publicidade

Rosana, mãe da vítima, falou durante uma entrevista que espera que o responsável seja identificado e que pague pelo crime. "Eu espero Justiça não só para minha filha, mas para todo mundo que já sofreu. A Justiça vem de Deus".

Publicidade
Publicidade
Publicidade