in

As 5 piores dores que alguém pode sentir; a 2ª você já deve ter enfrentado

É claro que os incômodos de uma dor são relativos e é difícil que as pessoas sintam tudo de uma mesma forma, mas há sentimentos que são comuns.Alguns problemas fazem muita gente urrar de dor ou chorar sem conseguir se conter.

Publicidade

Separamos uma lista com cinco situações onde será necessário força para enfrentar as dores, tanto as físicas como as emocionais.  Já parou para pensar quais são as dores mais fortes que podemos sentir?

1 – Parto

Publicidade

Obviamente, se você é um leitor homem não irá passar por isso, mas se conversar com mulheres que já foram mães poderá entender um pouco como é. A maioria das grávidas descreve o momento do parto como algo semelhante a ter seus músculos torcidos por dentro ou seus órgãos sendo puxados com toda força para fora. Para quem acha que se assemelha a dores de cólica menstrual, está enganado, é muito pior.

 

Publicidade

2 – Dores de dente

A dor de dente pode ser causada por motivos diferentes, mas independente do motivo, ela incomoda. O que provoca a dor mais comum é quando a polpa dentária está infeccionada. Vale lembrar que essas dores causam tanto incômodo que muita gente acaba desmaiando e até tendo alucinações, a depender da gravidade e da intensidade.

Publicidade

 

3 – Fratura da genitália masculina

Sim, é possível acontecer. E há quem diga que é uma dor devastadora! Essa fratura pode acontecer durante uma relação íntima e com qualquer homem. Quem já passou por isso, diz que além do inchaço, o cara sente muita dor e aparecem hematomas. Vale lembrar que tudo pode ser consertado através de uma cirurgia.

 

4 – Queimadura de segundo grau

Toda queimadura dói, quem já passou por isso sabe, mas a de segundo grau é ainda pior. Mas por que? Isso acontece porque as queimaduras de segundo grau podem atingir toda a pele, onde há mais células transmissoras de dor. Vale lembrar que em alguns casos é comum causar desmaios e também alucinações.

5 – Perder um ente querido

Essa é uma dor emocional, não física, mas pode ter sequelas físicas também. Quando você perde alguém muito próximo, os sentimentos ficam à flor da pele e você não consegue aceitar que as coisas estão realmente acontecendo dessa forma. Nesse caso, a dor demora para passar e amarga um pouco a vida. É uma experência muito difícil e você precisará aprender a viver com a dor do luto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade