in

A maneira que você fecha a mão pode indicar coisas incríveis sobre sua personalidade

Algumas pessoas acreditam que as características físicas e mentais estão separadas, porém isso não é verdade. Elas estão muito mais conectadas que a maioria consegue imaginar. As nossas características acabam formando a nossa personalidade e dessa maneira delimita as atitudes de costumamos ter.

Publicidade

Essa grande complexidade da raça humana acaba sendo interessante. E mesmo que pareça algo insignificante, todos os atos refletem sobre a personalidade de cada um. Esse artigo vai revelar algo bem interessante. A maneira como cada pessoa fecha a mão pode trazer grandes revelações. Caso ainda não tenha reparado existe algumas maneiras para se fazer isso, porém três merecem destaque.

Serão apresentados três modelos para saber em qual você se encaixa. Preste atenção e depois de ver qual deles melhor representa o jeito como fica quando está com a mão fechada, saiba o que isso vai revelar sobre você.

Publicidade

Primeiro modelo

Publicidade

Caso se encaixe nesse primeiro modelo quer dizer que é uma pessoa emotiva e intensa quando existe sentimento em jogo. Além de ser alguém extremamente gentil com o próximo, tendo grande vocação para profissões que tenham ligação mais estreita com os outros, ou seja, que exija maior contato humano. Uma outra característica é que está sempre buscando ajudar o próximo e também busca ser criativa e empreendedora.

Publicidade

As vezes se sente cansado, mas sempre mantem a motivação, pois sabe que está em busca de uma vida melhor. O ponto franco é que quando escuta críticas acaba se sentindo mal e muitas vezes se afasta da pessoa que faz.

Segundo modelo

As pessoas que se encaixam no segundo modelo são confiantes. Tem como característica a determinação, sempre buscando atingir os objetivos e sonhos traçados. No entanto, o desejo intenso de não fracassar acaba fazendo com que sejam pessoas ansiosas e preocupadas. Não suporta tédio e está sempre buscando atividade ficando muitas vezes sobrecarregada. É necessário aprender a lidar com os pontos fortes e fracos, tendo dificuldade de acalmar as ideias.

Terceiro modelo

Caso a pessoa se enquadre nesse modelo, significa ser uma pessoa mais resguardada, sendo alguém que fala pouco. No entanto, quando decide falar diz tudo que pensa e sente. Tem como característica a gentileza, não gostando de conflitos. Além de ter um senso de justiça, está sempre tentando defender aqueles que acreditar ser menos favorecidos.

Publicidade
Publicidade