in

Homem afirma ter passado 6 dias no ano de 2365 e faz revelação sinistra sobre futuro da humanidade

A Copa do Mundo está sendo realizada na Rússia, por isso o país anda sob os holofotes da mídia. O mundo inteiro está ligado em tudo que acontece dentro do país, afinal o futebol não é apenas uma paixão brasileira. No entanto, uma outra notícia bem inusitada colocou a Rússia na mira da imprensa.

Publicidade

Um homem afirma ter feito uma visitinha no futuro. Isso mesmo, o suposto viajante do tempo disse ter passado seis dias no ano 2365. O assunto veio a tona, após um vídeo ser publicado em um canal do YouTube Chamado ApexTV. De acordo com o homem misterioso, tudo teria acontecido no ano de 2006.

O suposto viajante disse que trabalhava para o governo britânico no passado e por isso participou de experiências que envolviam tecnologias avançadas. Ele ainda revelou que lhe ofereceram mais de 200 mil euros para participar do experimento. Porém, devido a questões legais não poderia falar sobre o projeto e por causa disso foi morar na Rússia.

Publicidade

O homem contou que o governo não sabe direito como funciona a viagem no tempo, mas simplesmente sabe que é possível e que a maneira de fazer foi descoberta. Após ter passado por uma seleção, ele revelou que foi levado para uma espécie de base militar, onde foi preparado para a missão secreta.

Publicidade

A máquina do tempo era uma espécie de esfera. Ele ainda revela que precisou usar um traje especial. O homem disse não ter lembranças nítidas sobre a viagem, mas guarda detalhes dos dias que ficou lá.

Publicidade

"Não sei se elas eram seres humanos geneticamente modificados ou se eram alienígenas, mas lembro de ter visto criaturas estranhas com olhos grandes e cabeças amendoadas", descreveu o suposto viajante do tempo.

Os transportes dessa época seriam veículos voadores e também aeronaves nunca vistos ainda. O mais chocante é que o homem revelou que as pessoas não ficavam surpresas ao saber que ele era do passado. Pois segundo o viajante isso será possível até o ano de 2028. Vamos esperar para ver se isso se confirmará.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade