in

Morte de Vitória Gabrielly: sem solução, Estado oferece dinheiro e faz promessas

O caso de Vitória Gabrielly, menina de 12 anos de idade, que morreu asfixiada por uma pessoa desconhecida após sair de patins de casa, ainda segue sem conclusão. O fato é que a polícia ainda não encontrou o culpado pela sua morte e a família segue em seu sofrimento e dor.

Publicidade

Ciente da situação e mobilização da sociedade, autoridades públicas prometeram agilidade na investigação e ofereceram uma recompensa de até R$ 50 mil por informações que levam ao assassino de Vitória Gabrielly.

Secretário fala sobre dedicação e faz promessas

De acordo com Mágino Alves Barbosa Filho, secretário e segurança pública do Estado de São Paulo, a polícia está sem empenhando para descobrir todos os detalhes da morte e fornecer o nome do assassino de Vitória Gabrielly Guimarães. A menina despareceu por oito dias e foi encontrada morta debaixo de uma pilha de lixos, em uma região de mata de sua cidade, Araçariguama.

Publicidade

"A polícia está trabalhando bem e com uma dedicação enorme para solucionar o caso, tanto da doutora Bruna [Madureira, delegada do caso] quanto da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa)", esclareceu o secretário em uma entrevista sobre os dados mensais da criminalidade em São Paulo nesta segunda-feira, dia 25 de junho.

Publicidade

O responsável pela pasta acredita que a oferta de R$ 50 mil pode ajudar a localizar o assassino."Várias vezes que estabelecemos recompensas o resultado foi positivo", esclareceu.

Publicidade

Como denunciar?

As denúncias podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia e o sigilo é garantido para resguardar o denunciante. Os atendentes do número fornecem o protocolo para acompanhamento e informações para o saque da recompensa, caso se confirme verdadeira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade