in

Segundo Sol: filha sofre crime e pai defende o abusador

Uma cena que promete causar muita discussão na web é quando Maura (Nanda Costa) continua a sofrer com assédios no trabalho. E é o delegado que é o responsável por cometer os assédios contra Nanda. O que mais deve intrigar os telespectadores é o fato do próprio pai de Nanda defender o abusador.

Publicidade

Cansada, com vontade de chutar tudo pro alto e sair desse trabalho”, dirá ela. “Mas sempre foi seu sonho ser policial”, comenta Selma (Carol Fazu), sua amante; e ela rebate: “Tá mais prum pesadelo”. “O que aconteceu? Muita violência?”, questiona a amada. “É, acho que pode chamar assim… Não tá fácil ir praquela delegacia todo dia”, dirá a policial.

Agenor (Roberto Bonfim) interromperá a conversa das duas e falará um grande absurdo. Para ele, toda essa reclamação é uma mera bobagem e pede para que elas parem com isso.

Publicidade

Larguem de bobagem, faço até gosto que Maura se case com um delegado”, dispara Agenor (Roberto Bonfim) ao entrar em casa. “Ninguém tá falando aqui de casamento, meu pai, o homem tá se forçando pra cima de mim”, conta a filha, que fica surpresa com o posicionamento do pai.

Publicidade

E queria o que?! Inventou de ser policial, agora aguenta! Quem mandou se meter num lugar de macho?! Ele tá no direito dele”, dispara. “Ah, não dá… Direito coisa nenhuma, é abuso”, se revolta Selma. “Mas que abuso, mané abuso… mania besta essa agora de chamar cantada de abuso”, diz ele.

Publicidade

A previsão é de que essa cena seja transmitida no dia 4 de julho.

Repercussão na web

Os internautas já se anteciparam e não gostaram nada da posição de Agenor. Eles reforçaram que a vítima nunca tem culpa e que essa cultura de assédio deveria ser extinta de nosso país. Algumas pessoas disseram que as mulheres jamais devem aceitar esse tipo de situação. Outros internautas lembraram que as mulheres que sofrem com qualquer tipo de assédio devem procurar a delegacia da mulher e fazer um Boletim de Ocorrência para que as autoridades tomem as medidas cabíveis.

Publicidade
Publicidade