in

Homem recolhe bebês abortados em hospitais e comove o mundo

Tanto no Brasil, quanto em outras partes do mundo, o aborto é uma triste realidade e sempre gerou muita polêmica. Mulheres, por diferentes razões particulares, interrompem a gravidez mediante a técnica do aborto.

Publicidade

Em alguns países, a legalização do ato foi autorizada e seguindo seus motivos as mulheres podem recorrer ao ato. A Irlanda foi o mais recente país a ter sido legalizado e foi muito impactante ver a alegria das mulheres comemorando o direito de tirar a vida de um feto, mesmo que cada uma tenha seu motivo para isso, e essa discussão não vem ao fato.

O que está sendo difundido em todo o mundo, é a história de um homem que não consegue ficar indiferente com essa situação e resolve fazer algo diferente que está ao seu alcance.

Publicidade

Em 2001, Tong Phuoc Phuc, que é vietnamita, foi para o hospital com sua esposa que estava esperando o primeiro filho do casal, dias antes do nascimento. Chegando lá, ele notou que muitas mulheres chegavam grávidas e iam embora para casa sem seus bebês.

Publicidade

Intrigado com essa situação ele perguntou para as pessoas do hospital o que estava acontecendo e, ao descobrir, ele chorou muito de tristeza, pois elas estava indo lá para fazerem o aborto e não para dar à luz.

Publicidade

Mesmo sem fazer nada que pudesse mudar os fatos, ele resolveu fazer algo emocionante que está comovendo o mundo.  Ele comprou um terreno com suas economias e fez um cemitério para os fetos – Tong é construtor civil. Desde quando ele começou a fazer isso, há mais de 15 anos, ele já deu um fim digno há mais de 10 mil bebês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade