in

Novo reforço do São Paulo tem apenas um gol na temporada, mas é ‘aprovado’ por Centurión

Na sexta-feira, o São Paulo apresentou o novo reforço da temporada. Joao Rojas foi contratado pela diretoria para ser uma das alternativas de Diego Aguirre para o ataque. Aos 29 anos, o meia-atacante divide opiniões e não é unanimidade entre os torcedores são-paulinos.

Publicidade

Joao Rojas ganhou há 9 anos o prêmio de revelação no Equador quando fez parte da campanha pelo título do campeonato equatoriano e também do título da Liga dos Campeões da Concacaf, mas o que também chama atenção na sua trajetória são as polêmicas.

Em 2011, quando jogava no futebol mexicado pelo Monarcas Morelia ele foi acusado de agredir Beatriz Castro durante suas férias no Equador. Ele chegou a desmentir a história nas redes sociais, mas sua imagem ficou manchada.

Publicidade

Além disso, quatro anos após a denúncia por agressão, ele sofreu duras críticas depois que supostamente não aceitou dar autógrafos para um garoto com deficiência. Essa foi mais uma história desmentida pelo jogador que alegou ter um irmão nas mesmas condições do garoto.

Publicidade

Dentro de campo não chegou a convencer muito. Nesta temporada, o atacante marcou apenas um gol e não tem um número expressivo em toda carreira. Mesmo assim, quando foi contratado recebeu a aprovação de Ricardo Centurión – um velho conhecido do torcedor são-paulino. 

Publicidade

O jogador chega ao São Paulo para jogar pelos lados e é uma aposta da diretoria. Joao Rojas deve ser apresentado na próxima semana e chega pronto fisicamente para já iniciar os trabalhos junto com o elenco tricolor. Seu contrato será por 2 anos e tem chance de renovação caso se saia bem com a camisa do time.

Publicidade
Publicidade
Publicidade