in

Empresário de Cristiano Araújo trava disputa judicial com filhos menores do cantor, porém desfecho é péssimo

Os dois filhos do cantor sertanejo Cristiano Araújo, que foi vítima fatal de um trágico acidente automobilístico em 2015, e seu empresário que não teve o nome revelado, ainda não receberam nenhum centavo do seguro do carro que o artista tinha. Segundo a justiça, esse dinheiro está dentro dos trâmites do processo que consta no inventário do artista.

Publicidade

Segundo apurações do portal de notícias G1, o empresário trava uma batalha na justiça com os responsáveis pelos menores João Gabriel, 9 anos, e Bernardo, de 5 anos, que são filhos do cantor. A disputa em questão é o valor a ser pago pela seguradora da Range Rover, que ainda estava segurada ao empresário, segundo ele.

O carro, um modelo de luxo com uma boa cotação no mercado, era usado por Cristiano Araújo por dois meses antes do acidente fatal. O veículo era usado para fazer apenas viagens curtas para locais onde seriam feitos os shows.
Além do sertanejo, estava a sua namorada Allana Moraes, que também não resistiu ao acidente. O empresário Victor Leonardo e o motorista, que não sofreram escoriações mais graves.

Publicidade

Até que o total do valor do seguro fosse liberado, o veículo também foi alvo de uma intensa disputa entre as mesmas partes, uma vez que Cristiano só tem como herdeiro os dois meninos. Tanto o empresário quanto os responsáveis pelas crianças tem as suas versões sobre quem é o verdadeiro dono do automóvel.

Publicidade

Essa disputa judicial ainda tem um longo caminho para ser percorrido. O advogado da causa confirmou que o inventário não será finalizado em 2018, o processo ainda está em andamento e ainda não tem nenhuma previsão para ser encerrado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade