in ,

Imagem da Santa Ceia LGBT revela detalhes íntimos e chocam evangélicos

Leonardo da Vinci pintou a famosa ceia do Senhor, conhecida mundialmente. Ela é considerada sagrada por muitos cristãos, pois retrata o momento em que Jesus Cristo esteve com os doze apóstolos, pela última vez, antes do sacrifício.

Publicidade

A comunidade LGBT criou uma versão bem parecida, porém, mostrando os apóstolos sem roupa e tendo relações íntimas. Isso tem gerado muita polêmica entre os religiosos, pois eles estão considerando falta de respeito para com Jesus Cristo e os apóstolos.

Os cristãos estão questionando a forma como a comunidade LGBT se coloca, pois eles exigem respeito fazendo escárnio de coisas consideradas sagradas para os religiosos. Eles acham que isso é uma forma desrespeitosa de se colocar, e estão sendo inadequados.

Publicidade

Por outro lado, a comunidade LGBT acha que relações entre pessoas do mesmo gênero é normal e pode ocorrer em qualquer grupo de pessoas, inclusive entre os religiosos. Através da imagem, que não tem um autor identificado, eles querem mostrar como esse tipo de relacionamento amoroso também pode ser natural e aceitável.

Publicidade

A religião tem combatido relações de pessoas entre o mesmo gênero há muitos anos, pois considera anti-natural e anti-bíblico. Há religiosos que discordam dessa posição. Eles acreditam que esse tipo de ato era considerado um pecado cultural, ou seja, não era permitido em alguns países e em algumas épocas da história.

Publicidade

Os mesmos relatam que Jesus nunca pregou ódio contra qualquer tipo de pessoa, não justificando o que os religiosos modernos fazem com a comunidade LGBT. Se Jesus mandou amar a todos, é para amar todos, afirmam eles. Clique aqui para ver a imagem que está causando.

Publicidade
Publicidade