in

Após rejeitar filho, pai de Michael Jackson sofre à beira da morte

A relação de Michael Jackson e seu pai sempre foi ruim. O cantor chegou a dizer que era obrigado pelo pai a ter bons resultados, sendo maltratado e rejeitado. Nesse final de semana, o site TV Foco trouxe novidades em torno do caso, como você confere a seguir. 

Publicidade

Joseph Jackson, pai do cantor Michael Jackson, está passando por problemas seríssimos de saúde. Isso porque, por causa de uma doença terminal, o veterano está à beira da morte. É o que informa o Daily Mail, que ainda ressaltou ainda que ele proibiu a visita de familiares e amigos.

Joseph Jackson teve problemas importantes com o filho, que o acusou de maus tratos

Jermaine Jackson, 63, irmão do cantor, deu um depoimento ao site sobre a decisão do pai, que durou quatro dias. “Ninguém sabia o que estava acontecendo. Não deveríamos ter que implorar e argumentar para vermos nosso próprio pai, especialmente em um momento como este. Estamos sofrendo”, lamentou.

Publicidade

“Não nos disseram onde ele estava e não nos deram todas as informações. Mesmo do médico. Minha mãe estava preocupada, ele está muito frágil, não tem muito tempo. A família precisa estar ao lado dele, essa é a nossa única intenção em seus últimos dias”, disse.

Publicidade

A vida difícil de pai e filho: o passado de Michael Jackson

Vale lembrar que Michael morreu em meados de 2009 e, na época, antes de falecer, ele não se dava muito bem com o pai. O cantor chegou a dizer, em um documentário, que tinha vontade de vomitar quando lembrava do pai e que sofreu violência física e verbal de Joe.

Publicidade

Ainda de acordo com a publicação, até mesmo a mulher de Joe, Katherine, e a filha, Rebbie, foram proibidas de visitar ele. Por quatro dias, a família argumentou com os médicos e puderam visitá-lo na terça-feira (19) à noite.

Publicidade
Publicidade