in

Análise policial revela momento da morte da menina Vitória

De acordo com o portal R7, que informou algumas atualizações do caso da menina Vitória, a perícia ainda não foi finalizada, mas uma análise preliminar indicou que ela foi morta por esganadura. O trabalho investigativo também mostrou detalhes do momento em que ela faleceu.

Publicidade

O autor do crime ainda não foi revelado, mas a polícia já recolheu o material embaixo da unha da criança, pois pode conter o DNA de quem a esganou. Durante o ato criminoso é possível que ela tenha lutado contra o assassino e o arranhado, por isso restos de pele do agressor podem estar debaixo das unhas.

Além disso, a análise preliminar também indicou que ela foi morta no dia do desaparecimento. Portanto, durante as buscas que todos faziam ela já estava morta. Algumas pessoas dizem que é angustiante pensar que uma criança raptada possa estar viva, pois ela pode estar sofrendo.

Publicidade

Porém, saber que ela já estava morta todos aqueles dias também traz muita tristeza, pois todos estavam com esperanças de que ela pudesse ser encontrada com vida. Ou seja, queriam encontrá-la viva, e rápido, para que sofresse o mínimo possível.

Publicidade

Infelizmente, ela morreu no mesmo dia em que foi raptada, mas pelo menos não ficou sofrendo uma semana nas mãos dos criminosos. Outro fato é que ela também não sofreu abuso, indicando que foi mais uma coisa de que foi poupada.

Publicidade

A polícia continua com as investigações analisando mais de 300 horas de vídeos de câmeras próximas de onde ela foi raptada e aguarda o resultado do exame de DNA do material encontrado embaixo das unhas de Vitória.

Publicidade
Publicidade
Publicidade