in

Pais de Vitória Gabrielly são chamados na delegacia e revelam o que ninguém imaginava

Os pais de Vitória Gabrielly, morta no último fim de semana na cidade de Araçariguama, em São Paulo, voltaram a  visitar a delegacia de polícia local para prestarem novos depoimentos a respeito do caso que vem abalando o Brasil. Os dois pedem justiça para a morte da filha, que foi encontrada assassinada debaixo de uma pilha de lixo em uma região de mata do município. O depoimento aconteceu nesta quarta-feira, dia 20 de junho.

Publicidade

Pai de Vitória teve briga política no passado

Rosana Guimarães e Luiz Alberto Vaz foram ouvidos pelos oficiais na delegacia. Os pais são separados e tiveram que recontar o que viveram com a menina antes de ela sumir na cidade.

Luiz Alberto revelou uma novidade a respeito de seu passado político. O chefe da família falou que teve envolvimento em um partido e atritos por conta de sua candidatura a vereador. Há alguns anos, ele tentou ingressar na Câmara Municipal, porém perdeu a eleição. Na primeira tentativa, ele recebeu 64 votos e na segunda mudou de partido, deixando os líderes que o apoiavam sem opção.

Publicidade

Sua decisão teria despertado um atrito com outros políticos. 

Publicidade

Homem é preso suspeito de ter participação no sequestro e assassinato

A polícia ainda não conseguiu encontrar o culpado, mas mantem preso um homem que diz ter estado com Vitória Gabrielly minutos antes dela ser supostamente sequestrada por um casal da cidade.

Publicidade

A versão, que é cheia de "furos", não tem se sustentado e polícia pediu mais 30 dias de prisão temporária para o homem, que seria usuário de drogas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade