in

Caso Vitória: verdade obscura é revelada e detalhe sobre madrasta causa indignação

O caso Vitória Gabrielly ainda está cercando de um grande mistério. A menina teve sua vida interrompida de maneira brutal, após ser assassinada covardemente. Uma pergunta que o Brasil inteiro faz atualmente é ‘quem matou a adolescente Vitória Gabrielly’?

Publicidade

A terrível tragédia gerou grande comoção no país todo. A população acompanhou cada detalhe do caso que vinha sendo divulgado na imprensa durante vários dias. A garota estava desaparecida desde o dia 08 de junho e o mistério acabou no último sábado, quando o corpo da estudante de apenas 12 anos foi encontrado às margens de uma rua na Zona Rural da cidade de Araçariguama.

A polícia continua com as investigações, mas por enquanto o verdadeiro assassino ainda não foi preso. Segundo os investigadores, provavelmente Vitória tenha sido assassinada por motivo de vingança. Eles também trabalham com a possibilidade que o crime tenha sido cometido por alguém próximo da jovem.

Publicidade

Um fato novo no caso chamou a atenção da mídia nos últimos dias. Um boletim de ocorrência de maus tratos veio à tona e gerou grande repercussão, colocando sob suspeita a madrasta de Vitória. Isso porque um B.O. registrado no ano de 2012 pela mãe da vítima revela que a madrasta tenha agredido a menina.

Publicidade

Por esse motivo, a madrasta da adolescente veio a público contar o que realmente aconteceu na época. Ela contou que o relacionamento com a enteada era bom e que nunca teve nada contra a menina.

Publicidade

Segundo ela, o incidente aconteceu no início do relacionamento dela com o pai de Vitória. Rosana, mãe da adolescente, estaria com ciúmes da madrasta. Maria Luzanira disse ainda que não houve o puxão de cabelo descrito do boletim de ocorrência. Maria conta que simplesmente pegou a jovem pelo braço e tirou do pátio dela. Ela pede ainda que as pessoas parem de julgá-la, pois jamais teria feito mal a enteada.

O fato é que o mistério em relação a morte da jovem Vitória continua. A polícia segue investigando o caso que chocou o Brasil.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade