in

Mulher é hospitalizada por causa de uma mandioca de 30 cm? Saiba a verdade

Um caso está sendo muito comentado nas redes sociais sobre uma mulher que teria sido hospitalizada depois de uma brincadeira que não deu muito certo. Para substituir uma relação íntima convencional, ela teria usado um legume.

Publicidade

As informações aparecem em vários sites pelo mundo, como o site Elite Readers, que está chamando a atenção com uma matéria que afirma que uma mulher  teria optado por um modo mais orgânico de obter "satisfação" sozinha. Segundo o portal, a jovem não teria usado nenhum tipo de proteção e acabou se machucando, tendo que recorrer a atendimentos médicos.

Wendy Rimes, redatora do site, relatou que a mulher teria exagerado, escolhendo um legume muito grande. Ela acredita que poderia ter escolhido um pepino ou até uma banana, pois são um pouco menores e mais anatômicos e, supostamente, não fariam nenhum ferimento.

Publicidade

Ao invés disso, a mulher teria usado uma mandioca e acabou no hospital. De acordo com a divulgação do site, o caso teria acontecido na Ásia, e a identidade da mulher estaria sendo preservada para que ela não seja alvo de críticas nas redes sociais.

Publicidade

Embora ela não tenha sido identificada, o caso se tornou viral no Facebook e motivo de piada em todos os lugares. Não se sabe como as informações chegaram até as redes sociais, mas o fato é que todos estão comentando já há algum tempo.

Publicidade

Segundo o portal de notícias, a mulher teria sido hospitalizada para cuidados médicos e agora é motivo de piada em toda a rede, pois infelizmente teve a sua intimidade revelada para o mundo e diversos sites estão divulgando as informações como fatos reais, mas, na verdade, não se tem, até o momento, nenhuma prova do ocorrido.

Essa notícia foi compartilhada há 3 anos atrás por vários sites, como Blasting News, Portal do Agreste e em redes sociais como Youtube, Facebook e Twitter. Todos noticiaram a partir do site internacional Elite Readers, sem nenhuma informação concreta ou alguma fonte segura que comprove o caso.

Publicidade
Publicidade