in

Importante jogador pode deixar o Verdão rumo à Europa

O Palmeiras, dono de um elenco muito recheado, vem atraindo os olhares de muitos clubes da Europa, por este motivo que acaba se tornando difícil segurar muitos jogadores do elenco.

Publicidade

Mesmo com a diretoria do Palmeiras podendo oferecer boas quantias de dinheiro aos atletas, os craques preferem ir à Europa pelo desejo de jogar no Velho Continente, que é o sonho de todos os jogadores.

Estar no continente europeu significa estar na elite do futebol mundial, atraindo os olhares de todo o mundo para o seu estilo de jogar, portanto não há dinheiro que compre o sonho de atuar no continente europeu.

Publicidade

Nesta janela, a diretoria alviverde já confirmou a saída de alguns atletas para o exterior, como foram os casos do meio-campista Tchê Tchê e do jovem lateral João Pedro, porém nenhum destes são de grande importância ao elenco palmeirense, ao contrário de outros, que são titulares e tem a possibilidade de deixar o clube.

Publicidade

O técnico Roger Machado tem, à sua disposição, o elenco mais recheado de todo o país, com isso os clubes europeus ficam sempre de olho no Verdão.

Publicidade

Neste meio de ano, ainda mais com a realização da Copa do Mundo, os clubes do Velho Continente ficam vidrados em contratar atletas sul-americanos, até porque é deste continente que surgem os melhores do Planeta e também são atletas que costumam se valorizar muito.

Além de ter diversos jogadores brasileiros de qualidade, também costuma contratar alguns estrangeiros, o que é o caso do centroavante colombiano Miguel Borja, que está na Copa pela Seleção Colombiana e seus empresários afirmaram que ele pode deixar o Verdão.

Segundo os próprios empresários do atleta, existem diversas propostas da Europa e ele pode embarcar em uma delas após a Copa, além de ter o fato de ter a possibilidade de se destacar no mundialito de seleções e chamar interesse de mais alguns clubes.

Publicidade
Publicidade