in

Diego Souza fala em moderação na Copa, trabalho duro e, vê liderança bem próxima no Brasileirão: ‘na cola do Flamengo’

Com a pausa para a Copa do Mundo, os times brasileiros ganham um período de férias para descansar de uma competição acirrada e intensa. Neste embalo, o São Paulo só voltará às atividades no dia 26 de junho. Em meio à temporada, o time paulista briga pela liderança da competição nacional e após esse descanso, terá 21 dias de uma intença preparação para prosseguir com o pé direito no Brasileirão. 

Publicidade

Contudo, este período de descanso atípico em meio a competição gera preocupação na diretoria dos clubes, técnicos e torcedores, já que alguns atletas gostam de comemorar a folga de forma, às vezes, exagerada. Contudo, Diego Souza, que chegou a pleitear uma vaga entre os convocados à Copa do Mundo, justificou com um motivo para lá de sábio para não exagerar nestes dias que precedem a reapresentação dos atletas ao clube.

“Copa do Mundo não tem como deixar de ver. Mas, sem dúvida vou descansar bastante, porque quando voltar, a gente tem um preparador físico intenso. O Fernando (Piñatares) é nosso amigo, mas pega pesado. E quando voltar, a gente tem que estar bem descansado, porque o bicho vai pegar”, disse ele com o bom-humor que marca o momento da equipe no ano.

Publicidade

“Quando a fase está boa, a gente quer prolongar, mas vai ser bom (o período sem jogo), sim, porque nossa equipe não é de oba-oba. É uma equipe que sabe o que quer, experiente, tem um treinador que está sempre muito próximo da gente. A gente sabe o que quer. Temos que voltar focados, porque teremos mais 20 dias para trabalhar”, concluiu.

Publicidade

E não é para menos que o time precisa estar bem 'inteiro' para a continuação da disputa. Já na reestréia após a Copa, o São Paulo pega o líder Flamengo, fora de casa e que possui 4 pontos a mais que os são paulinos. Na sequência, mais três jogos prometem fortes emoções e dificuldade para arrancar os 3 pontos, são eles: Corinthians, Grêmio e Cruzeiro.

Publicidade

“O mais importante a gente fez: foi confirmar nossa vitória em casa (em cima do Vitória). Mostramos nossa força, estamos ali na cola do Flamengo, que é uma grande equipe também. Esse jogo será um dos melhores jogos do campeonato sem dúvida”, disse ele cauteloso.

“A gente vai brigar pelo título sempre. Nosso grupo é forte, mas é cedo, tem que pensar jogo a jogo. É como eu disse: faltando 10 rodadas, aí sim, a gente vai ver quem vai brigar pelo título”, finalizou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade