in

‘Carta de despedida’ à Vitória comove: ‘Vá com Deus, meu anjo’

O jornal Extra, do Rio de Janeiro, repecutiu nessa segunda-feira, 18, uma notícia sobre a morte da menina Vitória. O perfil no Facebook da menina Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, foi transformado em um memorial em sua homenagem e recebeu milhares de comentários de pessoas lamentando sua morte. Algumas delas, inclusive, em formato de "carta de despedida". 

Publicidade

O corpo da garota foi encontrado ao lado de seus patins, num matagal perto de uma estrada de terra no bairro Caxambu, área rural de Araçariguama, em São Paulo, na tarde do último sábado.

A última postagem pública de Vitória foi no dia 27 de janeiro de 2017. Nos comentários, pessoas que não conheciam a menina nem sua família lamentam a morte e a chamam de "anjo". Muitos mandam mensagens desejando força aos pais e à família da garota.

Publicidade

Perfil de Vitória Gabrielly, em rede social, virou mural de despedida

"Menina… Que você esteja sendo muito feliz ai em cima rodeada de anjos e ao lado do Senhor, aonde não tem mais dor e nem sofrimento. Aí será eterno, nosso anjinho. Descanse em paz ta? Cuide de todos aqui na terra pois você agora é um anjo, Anjo vitória. Descanse em paz!".

Publicidade

"Que Deus te receba anjo!!! Brilhe aonde estiver".

Publicidade

"Deus abençoe essa mãe porque também sou mãe. Eu peço a Deus forças pra essa mãe e essa família. Meus sentimentos. Conforte seu coração de mãe e família".

Desaparecimento após sair para andar de patins

Vitória Gabrielly saiu de casa para andar de patins, na tarde do último dia 8. Ela foi vista pela última vez andando na Rua Espírito Santo. Como a garota não voltou para casa, a família registrou um boletim, de ocorrência no dia 9.

No último sábado, o corpo foi localizado. Vitória ainda estava com as mesmas roupas que vestia no dia em que sumiu. Ao lado do cadáver foram encontrados os patins da garota. As causas da morte ainda estão sendo investigadas.

O enterro da menina foi no último domingo, no Cemitério de Araçariguama. Segundo a prefeitura, cerca de duas mil pessoas acompanharam o velório e o sepultamento. A mãe de Vitória Gabrielly, Rosana Guimarães, não acompanhou a cerimônia porque passou mal.

Suspeito é preso

Um suspeito que contou ter estado com a menina prestou depoimento e deu seis versões diferentes à polícia sobre o desaparecimento de Vitória. O nome dele não foi revelado. O suspeito teve a prisão temporária decretada pela Justiça na última sexta-feira. A Justiça determinou ainda que as investigações do crime sigam sob sigilo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade