in

Galvão Bueno estreou na Globo em Copas por causa de uma crise de hemorróidas

O odiado e amado Galvão Bueno já está na frente da narração da Globo há mais de 20 anos, quando narrou seu primeiro jogo em uma Copa do Mundo na emissora através de um acaso inusitado.

Publicidade

Após a saída de Luciano do Valle em 1982, Galvão que estava na emissora desde 81 e em ascensão na carreira era apontado com o seu sucessor natural.

Só que a TV Globo decidiu dar esse posto a Osmar Santos, que já tinha uma carreira consolidada no rádio paulista e foi um dos nomes de destaque nas Diretas Já, além de também apresentar o Globo Esporte.

Publicidade

Santos estreou como principal locutor esportivo do canal durante os Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 84, e também na Copa de 86 no México.

Publicidade

Já Galvão tinha importantes momentos dentro de narrações esportivas, como jogos da Seleção Brasileira em 85, e a final do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Publicidade

Um detalhe curioso na carreira de Galvão foi o motivo de sua estreia como narrador em Copas do Mundo. No livro Osmar Santos – O Milagre da Vida, o jornalista Marco Mora revelou o verdadeiro motivo que fez Galvão Bueno estrear na narração em Copas do Mundo.

“Quando chegou no México, Osmar Santos teve uma crise de hemorróidas, ficou quase todo o tempo em tratamento no hotel”, disse o jornalista.

Então o Plano B da emissora foi escalar Galvão Bueno para narrar o segundo jogo da Seleção Brasileira em uma partida contra a Argélia.

Esse foi o primeiro jogo como narrador da Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo, só que ainda segundo o Marco Mora, Osmar voltou na transmissão seguinte, só que se cogita até hoje que a sua ausência foi causada por discordâncias internas.

Publicidade
Publicidade