in

Homem diz conhecer supostos assassinos de Vitória Gabrielly e acaba preso

Foi sepultado na manhã deste domingo, dia 17 de junho, o corpo de Vitória Gabrielly, de 12 anos de idade. A menina, que desapareceu na região de Araçariguama, em São Paulo, foi encontrada após cinco dias. O corpo de Vitória já estava sem vida e com mau cheiro em cima de uma pilha de lixo em uma região de mata.

Publicidade

Enterro de Vitória Gabrielly

No funeral e enterro, a mãe de Vitória não compareceu devido a forte emoção que sentiu com a notícia. O pai da garota chegou a ir ao local do crime, onde chorou bastante. Ao saber da notícia, a mãe de Vitória Gabrielly negou acreditar no fato até que o laudo da perícia comprovou que era de fato sua filha.

No sepultamento, parentes e amigos fizeram uma linda homenagem à garotinha: colocaram seu par de patins próximo a seu caixão. A menina andava com ele quando desapareceu.

Publicidade

Polícia se vê de frente a versões confusas e prende suspeito do assassinato de Vitória Gabrielly

Os policiais prenderam um homem que disse saber que Vitória Gabrielly foi sequestrada por um casal. O inquérito segue em segredo de Justiça e não pode revelar os nomes das pessoas envolvidas diretamente com o caso.

Publicidade

O homem, identificado como servente de pedreiro forneceu uma história confusa sobre o caso. Ele afirma que a menina estava com a mesma roupa de quando foi localizada morta e que pegou carona com um casal que estava de carro. O detido afirma ter saltado do carro em uma rua próxima a sua casa e que Vitória Gabrielly permaneceu no carro.

Publicidade

O casal apontado por ele já foi investigado e no carro não foi encontrada nenhuma pista que ajude a solucionar o mistério.

O homem ainda afirma ser usuário de drogas e poderia estar fora de si quando tudo o que conta teria acontecido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade