in

Foi expedido o mandado de prisão contra o marido de Silvia Abravanel; ele está foragido

O cantor Kleiton Pedroso de Abreu Abravanel, marido de Silvia Abravanel, está sendo procurado pela polícia. Kleiton está foragido desde abril, ele tem uma filha de 5 anos de um outro relacionamento que teve com Ana Arraes Cavalcante e por estar com a pensão alimentícia atrasada foi expedido um mandado de prisão contra ele.

Publicidade

O cantor tem 15 parcelas da pensão atrasadas, o valor chega a R$ 29.384,68 sem atualização e pelo mesmo motivo ele já foi preso outras duas vezes. Segundo informações do Estadão, a advogada Geovana da Conceição que representa Ana Arraes, recorreu à decisão e, no dia 19 de abril, foi expedido um novo mandado de prisão pelo juiz Adilor Danieli, da Vara da Família da Comarca de Balneário Camboriú (SC).

A decisão recorrida por ela se refere a prisão de Kleiton em dezembro de 2017, também por atraso de pensão, e permaneceu preso por menos de 24 horas, logo recebeu o Habeas Corpus. 

Publicidade

O novo mandado expedido pelo juiz Adilor, estipula que Kleiton fique detido por 60 dias em regime fechado. Os agentes da 1ª DP de Capturas de São Paulo tentam executar o mandado desde abril, mas como Kleiton continua desaparecido, ainda não tiveram sucesso conforme apurou o E+.

Publicidade

A outra versão

Por telefone, o advogado de Kleiton, João Fonseca, negou que seu cliente estivesse fugindo e disse ainda desconhecer o mandado de prisão contra Kleiton. 

Publicidade

"Não está. Ele está fora do Brasil fazendo um curso de 90 dias. Ele já passou 30 e em cerca de 60 dias ele retorna ao Brasil. Se existe esse mandado de prisão, eu não estou sabendo, não fui intimado disso", disse o João.

Segundo alega o advogado, seu cliente não tem condições de pagar o valor de R$ 4.750 de pensão exigido por sua ex-esposa  Ana Arraes, pois Kleiton ganha um pouco mais de R$ 2.500 por mês.

“Eu vou recorrer, fazer tudo o que há de se fazer, mas ele não tem dinheiro. Se eu não tiver uma decisão contrária a essa prisão, meu cliente vai se entregar e cumprir a lei”, completou.

Ana contou na reportagem que Kleiton é processado também por abandono de paternidade. “Não é fácil lutar contra alguém poderoso, vivo há cinco anos esse drama, em que sou ameaçada. Isso precisa ter fim”, desabafa a mãe da menina.

 

Publicidade
Publicidade