in

Mário Fernandes revela porque não canta o hino da Rússia

Na quinta-feira (14) houve a abertura da Copa no Mundo da Rússia e o lateral brasileiro Mário Fernandes, naturalizado russo, não cantou o hino de país ao qual defende. Ele foi questionado sobre o assunto e revelou que não quis jogar por seu país natal por problemas pessoais.

Publicidade

O atleta foi questionado pelo período em que passou no Grêmio, onde ele abusava de noitadas e álcool. Ele confirmou que isso é verdade, mas que se arrependeu e não leva mais esse estilo de vida. Sobre o fato de não cantar o hino russo ele foi bem franco dizendo que não sabe a letra e não se familiarizou muito com a língua, mesmo estando seis anos na Rússia, defendendo o CSKA.

Mário disse que nem tentou cantar, pois russo, para ele, é muito difícil. Ele ainda declarou achar a língua muito bonita, mas difícil de dominá-la, mesmo depois de tanto tempo morando na Rússia.

Publicidade

O jogador disse que se sente russo, pois todos os respeitam e o consideram. O único problema é a familiarização com o idioma. Além disso, Fernandes disse que gosta muito da Rússia e acredita que todos do país gostam dele. A torcida também é muito calorosa, de acordo com o jogador.

Publicidade

Embora esteja muito bem adaptado à Rússia o atleta disse que guarda boas lembranças do Brasil e do Grêmio, time no qual teve destaque. Para ele o tricolor foi fundamental para o sucesso que ele tem na carreira hoje, por isso só tem a agradecer a todos.

Publicidade

Considerando as farras que fez no passado, com noitadas e bebedeiras, hoje Mário vive uma nova vida e só se recorda do passado para lembrar de coisas boas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade