in

Vasco tem carências expostas em derrota para o Inter e preocupa torcedor

Entre todas as torcidas da Série A do Campeonato Brasileiro, nenhuma tem mais motivos para se preocupar do que o Vasco. Isso porque o gigante do futebol brasileiro já foi rebaixado três vezes no Brasileirão desde 2008 e o torcedor sempre se preocupa quando o time começa a cair pela tabela.

Publicidade

A partida contra o Internacional, na quarta-feira (13), fora de casa, escancarou as carências da equipe agora comandada por Jorginho. O Gigante da Colina perdeu por 3 a 1 e ocupa a 11ª colocação na tabela do Brasileirão, com 15 pontos. A equipe tem um jogo a menos – contra o Santos – que os demais.

O principal ponto fraco da equipe é defesa. No começo deste ano, o Vasco perdeu Anderson Martins, negociado com o São Paulo. Os zagueiros Breno, Werley, Ricardo e Paulão estão indisponíveis. Com isso, Jorginho teve que escalar Enzo e o estreante Miranda. Esta foi a sétima dupla diferente em 11 partidas no Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Diante de uma equipe que tem ótimo poder ofensivo, como nomes como Nico Lopez, Lucca, Potker e Leandro Damião, o Vasco sucumbiu e sofreu dois dos três gols em bolas paradas. O contra-ataque não funcionou.

Publicidade

"Jogamos fechadinhos em busca de contra-ataques. Mas ainda continuamos conservadores, esperando o momento certo. Não poderíamos ter levado gol de bola parada. Treinamos bastante, apesar de ser apenas em um dia", comentou o treinador Jorginho.

Publicidade

O primeiro tempo terminou com vitória do Colorado por 2 a 0. Na segunda etapa, o Vasco diminuiu com Andrey, mas Cuesta ampliou para os donos da casa três minutos depois. O resultado preocupa os vascaínos, que esperam que Jorginho consiga arrumar a equipe para a volta do Brasileirão, em julho, após a Copa do Mundo.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade