in

Após nova derrota, diretoria define futuro de Loss

O Corinthians vive um momento de instabilidade após a saída de Fábio Carille e a entrada de Osmar Loss. Embora o presidente do alvinegro, Andrés Sanchez, e o diretor de futebol, Duílio Monteiro Alves confiem no "DNA corinthiano" em relação aos técnicos formados no clube, a torcida já está incomodada com o aproveitamento do elenco.

Publicidade

Desde que Loss assumiu, foram sete partidas. O novo técnico conseguiu vencer apenas um jogo, empatou dois e perdeu quatro. A última partida antes da parada para a Copa do Mundo foi realizada na quarta, dia 13, e o Corinthians também não conseguiu se impor jogando na Arena Fonte Nova contra o Bahia.

Claro que algumas peças fundamentais que estão fora do elenco fazem falta para o novo treinador do profissional. Loss não está podendo contar com Fagner, Cássio, Balbuena, Romero, Clayson, Jadson, Ralf e Renê Júnior, mas mesmo assim não está sendo poupado das críticas sobre seu desempenho no comando do Timão.

Publicidade

"Tem que render mais, tem que jogar mais, independente de ter oito jogadores fora. A gente tinha quatro objetivos no primeiro semestre, atingimos três: classificamos na Copa do Brasil e na Libertadores, tivemos o título paulista, mas no Brasileiro estamos muito abaixo do que a gente pode. O time tem que jogar mais, mas a gente não credita ao treinador, que chegou agora, temos que trabalhar mais. Tem tempo para isso, para que os jogadores voltem, e a gente volte melhor", analisou o treinador Osmar Loss.

Publicidade

Mas como a crítica vem da torcida e da imprensa, Loss se mostra até que tranquilo para lidar com essa nova cobrança. E essa aparente tranquilidade tem um motivo: o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves já bancou a permanência dele no comando do time.

Publicidade

"Ele continua nosso treinador, não teve tempo de trabalhar, entrou nessa sequência de jogos e agora temos essa parada importante, com a volta de jogadores. Ele segue e agora é trabalhar mais para que o resultado apareça", afirmou o dirigente encerrando as especulações.

Os jogadores do Corinthians voltam aos treinos no dia 25 de junho.

Publicidade
Publicidade