in

Jogo entre Palmeiras e Flamengo tem briga generalizada e seis expulsões

Palmeiras e Flamengo se enfrentaram no Allianz Parque, em São Paulo, nesta quarta-feira (13), em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de sair na frente, o Verdão cedeu o empate.

Publicidade

Aos 46 minutos do segundo tempo, com o placar por 1 a 1, começou uma briga generalizada no campo palmeirense. Dudu foi derrubado por Cuéllar. Incomodado com a falta, o meia-atacante empurrou o adversário e uma confusão começou.

Jogadores titulares, reservas e comissão técnica entraram em campo. Alguns tinha o objetivo de separar a briga. Outros queriam participar da confusão. O goleiro Jailson foi um dos destaques negativos da briga.

Publicidade

Ele deixou o gol e foi até o campo de ataque se envolver na confusão. Em meio ao tumulto, ele retirou o volante Jonas, do Flamengo, com uma gravata. O clima só ficou ainda mais quente. O flamenguista reagiu de forma enérgica.

Publicidade

Ao final da confusão, o árbitro Bráulio Machado, ao lado dos auxiliares, começou a anotar nomes no cartão vermelho e, em seguida, saiu atrás dos jogadores para aplicar a advertência.

Publicidade

Do lado palmeirense, o árbitro expulsou o meia Dudu, que iniciou a confusão, o goleiro Jailson, por toda participação na briga, e o zagueiro Luan, que estava no banco de reservas e entrou em campo para brigar.

No lado flamenguista, Bráulio expulsou Jonas, Cuéllar e Henrique Dourado. O Ceifador estava no banco de reservas e de todos os jogadores expulsos foi o que mais se revoltou com o cartão vermelho.

Ele teve que ser contido pelos companheiros quando se dirigia para brigar com um dos auxiliares da arbitragem. Após a volta do jogo, o árbitro não deu os acréscimos esperados e terminou a partida rapidamente. Jogadores do Palmeiras protestaram. Com o resultado, o Flamengo segue na liderança do Brasileirão. Assista os melhores momentos!

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade