in

Presos fazem greve de fome e exigem assistir aos jogos da Copa do Mundo

A Copa do Mundo começa nesta quinta-feira (14) e muita gente esta na expectativa para acompanhar aos jogos do Mundial. Há um grupo, porém, que corre o risco de não poder assistir ao torneio de futebol.

Publicidade

Nove homens presos na delegacia de polícia de Puerto Madryn, localizada a 1.300 quilômetros de Buenos Aires, na Argentina, estão fazendo greve de fome para que possam assistir aos jogos da Copa do Mundo. A exigência dos presidiários é que seja consertado o sistema de TV a cabo da delegacia.

“O sistema de televisão a cabo e um direito indispensável a toda pessoa privada de sua liberdade. Há três dias que não resolvem. Tomamos a decisão de não receber a porção de comida correspondente até que solucionem esse problema”, disseram os detentos em texto manuscrito enviado às autoridades, na terça-feira (12).

Publicidade

O aparelho de televisão está sem sinal por conta dos defeitos e fica localizado em um espaço fora das celas. Até o momento, não foi divulgado qual procedimento será adotado pelas autoridades policiais locais.

Publicidade

Os argentinos são bem fanáticos por futebol e querem acompanhar a Copa do Mundo. A Argentina estreia no Mundial contra a Islândia, no próximo sábado (16), às 10h (horário de Brasília).

Publicidade

Depois, os Hermanos encaram a Croácia, no dia 21, e encerram a participação na primeira fase contra a Nigéria, no dia 26. A Copa do Mundo começa nesta quinta-feira, com o confronto entre a anfitriã Rússia e a Arábia Saudita, e termina apenas no dia 15 de julho. Resta saber quantos dias os técnicos demoram para consertar a TV.

Publicidade