in

Técnico veterano em Copas do Mundo faz revelação sobre possível trabalho no Vasco

Carlos Queiroz é treinador da seleção iraniana de futebol. Esse ano participará da terceira Copa do Mundo. Ele revelou, em entrevista, que está se sentindo muito orgulhos e satisfeito, pois se manteve no topo por mais de 30 anos de carreira, em vários clubes e várias seleções. 

Publicidade

Ele afirma que se sente muito grato por todos que acreditaram no seu trabalho, pois eles foram os responsáveis por seu sucesso profissional. Além disso, ele afirma ter uma enorme responsabilidade para com os times, e isso o faz agir com mais humildade, sendo movido pelo sentimento de gratidão.

O treinador revelou que sempre foi um sonho trabalhar com o Brasil. O mercado do futebol brasileiro, para ele, é muito atraente, pois permite que o profissional comece em um patamar elevado.

Publicidade

Além disso, ele é fascinado pela ideia de que a técnica nasce com os jogadores brasileiros, permitindo as equipes e atletas irem a patamares estratégicos mais avançados. Por um período, ele quase comandou o Vasco, mas acabou não dando certo.

Publicidade

Ele considera todos os clubes muito especiais, e não tem nenhum em especial. Para ele todos os lugares que passou se sentiu bem recebido. Os colegas de trabalho o ajudaram e receberam bem a ele e a sua família, fazendo-os se sentir em casa, por isso sente uma enorme gratidão e carinho por todos.

Publicidade

Ao mencionar Cristiano Ronaldo ele afirmou que ele não é um jogador que se para, mas ele para-se sozinho. Isso significa que a única maneira de detê-lo é quando ele não está muito inspirado durante um jogo ou quando ele não está em um dia bom. Caso contrário pode esquecer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade