in

São Paulo vence tabu de 36 anos, mas precisa aprender algo fundamental

O São Paulo estava com o sinal de alerta ligado após a derrota de virada para o Palmeiras e um empate, sem graça, contra o Internacional em pleno Morumbi.

Publicidade

Só que, após a vitória contra o Atlético-PR, o tricolor paulista derrubou um tabu de 36 anos sem vencer o adversário paranaense em Curitiba. O saldo positivo não foi apenas pelo resultado, e sim por toda postura apresentada pelo clube.

O time sofreu muita pressão e não deixou se abalar. Nenê, que voltava de uma suspensão, comandou o time em uma atuação bastante segura. Só que o Tricolor do Morumbi ainda precisa aprender uma grande lição, que é matar o jogo quando o adversário se mostra desesperado.

Publicidade

Esse pode ser o ponto mais importante a ser trabalhado no clube da capital paulista nos treinos que se darão em todo o período de parada do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo da Fifa, que começa no próximo dia 14, na Rússia.
A partida contra o Palmeiras foi um exemplo disso. O São Paulo tinha feito um gol, teve o jogo em suas mãos e não conseguiu criar situações suficientes para fazer o segundo, amoleceu na marcação e levou os gols de virada.

Publicidade

No empate contra o Fluminense ocorreu a mesma coisa, o Soberano saiu na frente, mas não resolveu melhor enquanto era tempo e levou o gol de empate há alguns minutos antes do fim da partida.

Publicidade

O último jogo do São Paulo, antes da paralisação para a Copa do Mundo, será terça-feira (12) contra o Vitória. Seu objetivo é vencer em campo para poder terminar essa etapa do campeonato entre os quatro primeiros colocados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade