in

Mulher muito próxima, ligada à Gilmar Mendes, leva ‘receio’ ao magistrado do Supremo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, enfrenta momento complicado, em se tratando de uma nova investigação da Polícia Federal, relacionada à atuação do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), pertencente ao magistrado. Porém, uma pessoa muito próxima a ele seria peça fundamental nessas investigações. Trata-se da advogada Dalide Corrêa, que tem laços de amizade há mais de vinte anos com Mendes. 

Publicidade

Dalide era considerada "braço-direto" de Gilmar Mendes e teria atuado na implementação de contratos entre empresas e o Instituto do ministro. Porém, uma das empresas que teria atuado juntamene ao Instituto de Gilmar Mendes, é a companhia JBS, de Joesley Batista.

Vale lembrar que o empresário já chegou a firmar um acordo de delação premiada juntamente à Pocuradoria-Geral da República, durante período em que era comandada por Rodrigo Janot, ex-procurador-geral e ex-chefe do Ministério Público Federal .

Publicidade

Negociações entre IDP e JBS

Vale salientar que o empresário Joesley Batista se utilizada do Instituto de Gilmar Mendes, como "quartel-general em Brasília. A atuação se referia para tratativas de assuntos do meio jurídico. Em uma das reuniões realizadas entre o IDP e a JBS, o empresário goiano supra-citado tentou reduzir um valor de multa , em se tratando de um acordo de leniência juntamente à Justiça, de cerca de R$ 11 bilhões, para R$ 3 bilhões. 

Publicidade

Porém, de modo obscuro, para que o feito fosse bem-sucedido, Joesley Batista chegou a oferecer aproximadamente R$ 200 milhões, com o intuito de se aproximar dos juízes, em relação ao Instituto de Gilmar Mendes.

Publicidade

Outro fator preponderante, é que após a firmação do acordo de colaboração premiada de Joesley juntamente à Justiça, a advogada Dalide Corrêa teria rimpido relações com Gilmar Mendes e se desligado do Instituto do ministro. Como se percebe, a stuação de Mendes continua "nebulosa", principalmente, a partir do aprofundamenro das investigações da Polícia Federal. 

 

 

 

Publicidade
Publicidade