in

Assediado, destaque do Fla diz que não jogaria em nenhum outro clube

“Eu respeito todos os clubes, mas meu coração é totalmente flamenguista. Se um dia eu sair do Flamengo, tenho certeza que quando eu voltar é para a minha casa. Eu gosto muito desse clube, não me vejo (jogando por outra equipe do Brasil). Não por falta de grandeza, nada disso, respeito todos os clubes, os grandes do Rio, do Brasil. Mas minha casa é o Flamengo, se um dia eu for, tiver que voltar, é aqui”, afirmou Paquetá.

Publicidade

Lucas Paquetá vem sendo um dos principais destaques do Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro. Ainda mais valorizado após aparecer na lista de suplentes para a Copa do Mundo, o atleta é constantemente alvo de especulações sobre o seu futuro.

Recentemente, o jogador foi questionado se jogaria por algum outro clube no Brasil. E ele foi bastante direto em sua resposta.

Publicidade

De acordo com o divulgado via imprensa, Milan e Juventus são alguns dos clubes interessados na contratação da revelação do Flamengo.

Publicidade

Diante do assédio sobre o jogador, o Rubro-Negro estabeleceu a multa rescisória do atleta no valor de 50 milhões de euros, quantia que gira em torno de R$ 230 milhões na cotação atual. O vínculo de Paquetá com o Fla tem duração até o fim de 2020.

Publicidade

Paquetá levou o terceiro cartão amarelo na vitória diante do Fluminense na última quinta-feira. Por conta disso, o atleta terá que cumprir suspensão automática e irá desfalcar o Flamengo no duelo contra o Paraná, neste domingo, no Maracanã. O técnico Maurício Barbieri ainda não definiu o seu substituto.

Fonte: cliquediario.com.br

Publicidade
Publicidade