in

Luto na Globo ! Corpo de grande atriz é encontrado e amiga revela: ‘Estava em depressão’

Nesta quarta-feira, 06/06, uma terrível notícia foi dada com destaque pelo jornal Extra do Rio de Janeiro. 

Publicidade

Famosa transformista no Brasil na década de 1960, a atriz Brigitte de Búzios, de 74 anos, uma das cinco retratadas no documentário "Divinas divas", de Leandra Leal, foi encontrada morta em seu apartamento em Copacabana, Zona Sul do Rio, na tarde desta quarta-feira. A informação foi confirmada pela amiga Jani Di Castro ao EXTRA.

Atriz famosa por ser pioneira enfrentava problemas pessoais. 

Segundo a artista, Brigitte morava sozinha, enfrentava problemas financeiros e estava em depressão desde a morte de uma tia que morava com ela e também da perda da amiga Rogéria, em setembro do ano passado.

Publicidade

Leandra Leal ajuda em despedida de grande atriz

O corpo de Brigitte foi levado para o Instituto Médico Legal. Ainda segundo Jane, a atriz Leandra Leal entrou em contato com parentes de Brigitte para que seja providenciado o velório.

Publicidade

Brigitte participou do filme "Berenice procura" e também da novela "Paraíso tropical", em 2007.

Publicidade

Veja abaixo uma das fotos dessa grande atriz ao lado da amiga Rogéria, que o Brasil perdeu no ano passado:

Relembre a morte de Rogéria em 2017

Amiga de Brigitti, Rogéria morreu no ano passado. A atriz Rogéria se internou no Hospital Unimed Barra, na Zona Oeste do Rio, com um caso de infecção urinária, mas teve uma complicação após uma crise convulsiva.

O Hospital Unimed-Rio informou que a causa da morte de Rogéria foi um choque séptico. De acordo com a unidade hospitalar, ela estava internada na unidade desde 8 de agosto devido a um quadro de infecção urinária.

Nascida como Astolfo Pinto em Cantagalo, no interior do estado do Rio, Rogéria começou a sua carreira como maquiadora da TV Rio. Já nos primeiros anos de carreira ficou conhecida como simbolo LGBT e nome marcante na luta contra a homofobia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade